Menus de configuração no Painel de Administração

Tudo sobre Matemática Financeira

É preciso muita atenção para resolver as questões envolvendo essa matéria, pois, em muitas delas, apenas conhecer as fórmulas não basta; é necessário saber interpretar a situação e dominar porcentagem.

Neste post, vamos falar sobre matemática financeira: juros simples, juros compostos e valor presente. É preciso muita atenção para resolver as questões envolvendo essa matéria, pois, em muitas delas, apenas conhecer as fórmulas não basta; é necessário saber interpretar a situação e dominar porcentagem.

Matemática financeira: conceitos importantes

Antes de entrarmos nos exercícios, vamos revisar alguns conceitos e fórmulas importantes.

  • Capital: trata-se do valor do dinheiro no momento de uma transação.
  • Juros: é um acréscimo sobre o capital, seja em forma de ganho em um aplicação ou de adicional para um empréstimo, por exemplo.
  • Montante: é a soma do capital com os juros acrescidos.
  • Variação percentual: refere-se ao acréscimo ou decréscimo em termos percentuais. É o que acontece com a inflação, por exemplo: em um mês um produto vale X, no outro já está valendo X + Y.

Juros simples

A correção é feita em cima do capital inicial. Pode ser calculado pela fórmula:

J = C . i . t

  • C: capital inicial
  • i: taxa de juros (percentual)
  • t: duração da aplicação

Essa fórmula pode ser utilizada em conjunto com a equação utilizada para o cálculo do montante (M):

M = C + J

Podemos ir adiante e substituir o J nessa fórmula para obtermos a equação mais utilizada para cálculo de juros simples:

M = C . (1 + i . t)

Juros compostos

São os juros sobre os juros. Ao final de cada período, eles são aplicados sobre o montante de cada período, ou seja, a cada mês é aplicada uma correção sobre um capital que já passou por um acréscimo nos meses anteriores. A fórmula é a seguinte:

M = C . (1 + i)t

  • M: montante final
  • C: capital inicial
  • i: taxa de juros (percentual)
  • t: duração da aplicação

Exercícios de Matemática Financeira

QUESTÃO 1

(Ufpr) Alexandre pegou dois empréstimos com seus familiares, totalizando R$ 20.000,00. Ele combinou pagar juros simples de 8% ao ano em um dos empréstimos e de 5% ao ano no outro. Após um ano nada foi pago, e por isso sua dívida aumentou de R$ 20.000,00 para R$ 21.405,00. Quanto foi tomado emprestado de cada familiar?

a) R$ 2.600,00 e R$ 17.400,00.

b) R$ 4.000,00 e R$ 16.000,00.

c) R$ 6.500,00 e R$ 13.500,00.

d) R$ 7.700,00 e R$ 12.300,00. 

e) R$ 8.200,00 e R$ 11.800,00.

RESOLUÇÃO:

Para organizar o pensamento, vamos chamar os dois empréstimos que Alexandre pegou de empréstimo A e empréstimo B. Note que não sabemos o valor de cada um, apenas o total. Então, usando termos mais matemáticos:

  • Empréstimo A: x, com juros de 8% a.a;
  • Empréstimo B: y, com juros de 5% a.a;

Sabendo que x + y = 20000, a saída aqui será montarmos um sistema. Mas, para isso, precisamos de uma segunda equação.

Acompanhe o raciocínio utilizando a informação sobre as taxas de juros de cada empréstimo.

O cálculo do montante é:

M = C + J

Como vimos neste post, o juros simples é calculado por:

J = C . i . t

Substituindo:

M = C + C . i . t

Colocando o C em evidência:

M = C . (1 + i . t).

Portanto, para os empréstimos A e B teríamos:

MA = x (1 + 0.08 . 1) = 1,08x

MB = y (1 + 0,05 . 1) = 1,05y

Agora, considerando o valor final da dívida de Alexandre, podemos montar uma segunda equação:

1,08x + 1,05y = 21405

Com isso, conseguimos montar um sistema:

x + y = 20000

1,08x + 1,05y = 21405

Para resolver esse sistema, vamos multiplicar a equação de cima por -1,05. Assim:

-1,05x – 1,05y = -21000

1,08x + 1,05y = 21405

Utilizando o método da adição, vamos ficar com:

0,03x = 405

x = R$ 13,500,00

Veja que, como não há opção repetida nas alternativas, nem sequer precisamos calcular y.

RESPOSTA: C

QUESTÃO 2

(Upe-ssa) Diante da crise que o país atravessa, uma financeira oferece empréstimos a servidores públicos cobrando apenas juro simples. Se uma pessoa retirar R$ 8.000,00 nessa financeira, à taxa de juro de 16% ao ano, quanto tempo levará para pagar um montante de R$ 8.320?

a) 2 meses

b) 3 meses

c) 4 meses

d) 5 meses

e) 6 meses

RESOLUÇÃO:

Vamos utilizar a fórmula do juros simples, pois já temos dados suficientes:

M = C (1 + i . t)

8320 = 8000 . (1 + 0,16 . t)

Agora é mão na massa para fazer essas contas todas. Aplicando a distributiva:

832 = 800 + 128t

t = 1/4

Repare que esse resultado se refere a anos e que as alternativas trazem respostas em meses. Portanto, basta fazemos quanto vale 1/4 de ano (12 meses).

RESPOSTA: B

QUESTÃO 3

(Enem) Um rapaz possui um carro usado e deseja utilizá-lo como parte do pagamento na compra de um carro novo. Ele sabe que, mesmo assim, terá que financiar parte do valor da compra. Depois de escolher o modelo desejado, o rapaz faz uma pesquisa sobre as condições de compra em três lojas diferentes. Em cada uma, é informado sobre o valor que a loja pagaria por seu carro usado, no caso de a compra ser feita na própria loja. Nas três lojas são cobrados juros simples sobre o valor a ser financiado, e a duração do financiamento é de um ano. O rapaz escolherá a loja em que o total, em real, a ser desembolsado será menor. O quadro resume o resultado da pesquisa.

A quantia a ser desembolsada pelo rapaz, em real, será

a) 14.000.

b) 15.000.

c) 16.800.

d) 17.255.

e) 17.700.

RESOLUÇÃO:

A primeira coisa que temos que fazer é subtrair o valor do carro usado do carro novo:

Loja A: 28500 – 13500 = R$ 15.000,00

Porém, lembre-se de que o enunciado nos diz que esse valor será parcelado, ou seja, é preciso calcular os juros que vão incidir sobre ele. Como o juro apresentado é ao ano, basta utilizar:

15000 . 1,18 = R$ 17.700,00

Loja B: 27000 – 13000 = R$ 14.000,00

Aplicando o juros:

14000 . 1,20 = R$ 16.800,00

Loja C: 26500 – 12000 = R$ 14.500,00

Com os juros:

14500 . 1,19 = R$ 17.255,00

RESPOSTA: C

Para aprender mais

Para se aprofundar no conteúdo, assista à minha live especial sobre juros simples e compostos:

Espero que você tenha entendido melhor a lógica que você deve utilizar para resolver questões de matemática financeira. E se quiser aprofundar seus estudos em Matemática, Química e Física, acesse o site Professor Gabriel Miranda e conheça nossos planos e cursos. Espero você!

CONTEÚDOS RECENTES

POSTS RECENTES

VEJA ABAIXO COMO É A QUALIDADE DE UMA AULA DA PLATAFORMA

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE

Seja avisado das Lives e novidades do canal

GRUPO NO TELEGRAM

Entre no grupo e receba mais conteúdos gratuitos.

SIGA NO INSTAGRAM

Dicas rápidas, curiosidades e muito mais.

CURTA A PÁGINA

Dicas rápidas, curiosidades e muito mais.

GABRIEL MIRANDA CURSOS ONLINE LTDA.
CNPJ 36.492.326/0001-20

contato@profgabrielmiranda.com.br 

Receba as novidades

icone-whatsapp 1
Desenvolvido por Marcel Design

Menus de configuração no Painel de Administração

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA PARA GABARITAR EXATAS NOS MAIORES VESTIBULARES DO PAÍS!

PLANO EXTENSIVO ANUAL

12X DE R$24,90